Efeitos da Interferência gerada por Fornos de Micro-ondas nas Redes sem fio IEEE 802.11b/g/n

Barros, Joalle José Rodrigues

Resumo

Fornos de micro-ondas domésticos são dispositivos de potência que utilizam a energia das ondas eletromagnéticas para indução de calor. Esses dispositivos, apesar de não transmitirem informações, radiam sinais na faixa não licenciada de 2,4 GHz, agindo como fontes não intencionais de interferência sobre outros dispositivos ISM, e sobre as redes sem fio que utilizam padrões IEEE 802.11b/g/n e operam nessa mesma faixa. Nesta pesquisa são avaliados os efeitos da interferência gerada pelo forno de microondas doméstico sobre o desempenho das redes sem fio que utilizam os padrões IEEE 802.11b/g/n, quando operando em um mesmo ambiente, sob diferentes configurações. As características do sinal interferente, proveniente das ondas que escapam da cavidade ressonante do forno de micro-ondas, são analisadas nos seus aspectos fundamentais, tais como, intensidade, distribuição na frequência e variação no tempo, e ainda, quanto às suas características de propagação, a exemplo dos diagramas de radiação vertical e horizontal e da polarização. Taxas de Erro de CRC de uma rede sem fio, operando em um ambiente com e sem a presença do sinal interferente, são obtidas, considerando, ainda, a utilização dos três padrões, associados à variação do canal utilizado e à mudança da posição relativa dos dispositivos. A partir dos resultados obtidos, é possível avaliar se a influência da interferência gerada pelo forno de micro-ondas sobre as redes sem fio pode ser agravada ou amenizada, de acordo com a configuração utilizada. Desse modo, o padrão e o canal utilizados, assim como, a localização dos dispositivos sem fio em relação ao forno, podem ser pré-determinados de modo a minimizar os efeitos da interferência sobre o desempenho dessas redes.

Citação

Artigo Completo

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.