Estudo Sobre a Extração Mineral e Suas Consequências Socioambientais no Município de Nova Palmeira, Paraíba

SANTOS, Ayane
FILHO, Paulo

Resumo

A atividade extrativista de minerais é um dos principais elos da cadeia produtiva industrial, seus impactos se estendendo ao modo de exploração dos recursos geológicos, dilapidados pelo uso excessivo, o que tem fomentado uma série de impactos nocivos ao meio ambiente. Diante dessa realidade o presente estudo objetivou fornecer um diagnóstico das consequências sociais e ambientais geradas pela exploração de minerais no município de Nova Palmeira – PB, através da analise de três garimpos distintos, Alto dos Olivas, Alta da Roncadeira e Caranguejo com vistas a enfatizar meios que contribuam para minimizar os conflitos socioambientais gerados pela mineração local. Para tanto, seguiu-se como percurso metodológico: abordagem de pesquisa qualitativa e quantitativa, observação participante, estudo in loco, registro icnográfico e entrevistas semiestruturadas com garimpeiros. O Estudo revelou que a mineração é uma prática antiga no município, por ser uma região rica em recursos minerais, no entanto registrase que não há racionalização em relação ao uso destes, o que tem ocasionado a deterioração da qualidade ambiental, através da degradação de paisagens, redução da biodiversidade, erosões, poluição atmosférica, poluição sonora, e outros. Considerando estes aspectos apresentou-se possíveis ações mitigadoras que se adéquam a realidade local, como estratégia para reduzir os impactos negativo da mineração, pois torna-se iminente implementar estas ações no setor mineral de modo a despertar na população a visão de que os recursos naturais são esgotáveis e, portanto, devem ser utilizados dentro de padrões sustentáveis para que toda a comunidade usufrua de tais recursos.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.