Utilização do pó de Moringa oleifera Lam Como Agente Modificador da Qualidade da Água para Consumo Humano

ARAÚJO, Jordânia
ARAÚJO, Jeane

Resumo

As sementes de Moringa oleifera, podem ser aplicadas para redução da turbidez da água. Nestecontexto, objetivou-se avaliar a eficiência do pó das sementes de Moringa com e sem casca, visando analisar os parâmetros de pH, turbidez e condutividade elétrica. As sementes utilizadas foram maceradas e pesadas em 0, 150, 300 e 450 mg/L. O fator utilizado foi em esquema fatorial (4 x 2), onde o primeiro fator constituiu-se das doses e o segundo da semente com casca e sem casca. A suspensão foi realizada manualmente, adicionando-se quantidades de solos até o ponto de uma água turva em um recipiente específico. Coletou-se um litro de água para cada parcela, em seguida adicionou-se aos tratamentos e posteriormente as suspensões foram agitadas ao volume aproximado de 30L. As avaliações foram realizadas aos 30, 60, 90, 120, 150 e 180 minutos, após a aplicação das sementes. Concluiu-se que a aplicação do pó das sementes de Moringa oleifera sem casca apresentaram melhores efeitos na remoção da turbidez para os tratamentos de 150, 300 e 450 mg/L, onde tiveram médias finais de 23, 24 e 24 NTU, respectivamente. Os tratamentos não influenciaram na condutividade elétrica e pH, até 180 minutos de avaliação dos tratamentos.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.