Avaliação da Carga Mental de Trabalho de Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

SOUSA, José
FILHO, Evádio

Resumo

Carga mental de trabalho é o quanto se exige do trabalhador para que ele desempenhe sua tarefa. Nosso estudo é exploratório, do tipo quantitativo e com amostragem não probabilística. A População é composta por 29 profissionais com amostra de 6 destes. Foi utilizado o questionário sociodemográficas e o NASA-Task Load Index. A coleta ocorreu no mês de novembro de 2017. Este estudo é do tipo descritivo, quantitativo e com amostragem não probabilística. Tem como objetivo avaliar a carga mental de trabalho dos profissionais do Serviço de Atendimento Múvel de Urgência, identificar as principais dimensões potencializadoras da carga mental de trabalho e correlacionar aspectos sociodemográficos e laborais com o nível de carga mental de trabalho. Como resultados encontramos no estudo que a maioria dos entrevistados é do gênero masculino, jovens e casados, todos têm o mesmo regime de trabalho e mais de 50% têm especialização. Os sujeitos com maiores exigências foram os médicos para grande parte das escalas, como também o maior nível percentual de carga mental de trabalho. Conclui-se que apesar de se ter uma média de carga mental de trabalho alta, nenhum dos entrevistados sentiu que o seu desempenho na resolução dos atendimentos fosse frustrante.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.