Qualidade de Mudas de Mulungu (Erythrina Velutina Willd.) Submetidas a Diferentes Métodos de Quebra de Dormência

SILVA, Andreza
ARAÚJO, Jeane

Resumo

Diversas espécies florestais típicas de regiões semiáridas são utilizadas para arborização e o mulungu apresenta grande importância ecólogica. Dessa forma, este estudo tem como finalidade avaliar o desenvolvimento de mudas de mulungu (Erythrina velutina Willd) oriundas de sementes submetidas a diferentes tratamentos de quebra de dormência. As sementes foram submetidas a onze tratamentos: escarificação mecânica com lixa d’água n°80 (T1); escarificação mecânica com lixa d’água n°60 (T2); furo com ferro de solda (T3); escarificação mecânica com lixa d’água n°60 + imersão em água por 24 horas (T4); escarificação mecânica com lixa d’água n°80 + imersão em água por 24 horas (T5); imersão em água a 60°C por 5 minutos (T6); imersão em água a 80°C por 5 minutos (T7); imersão em água a 90°C por 5 minutos (T8); imersão em água por 24 horas (T9); imersão em água por 48 horas (T10) e furo com ferro de solda + imersão em água por 24 horas (T11). Os tratamentos aplicados se mostraram eficientes no desenvolvimento inicial das mudas, porém os tratamentos com imersão em água apresentaram melhores resultados para a análise da fitomassa fresca total, no entanto, fica evidente que a dormência da E. velutina pode ser superada com diferentes métodos, objetivando promover germinação mais rápida.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.