Aspectos Ecoetnoentomológicos e Socioeconômicos da Atividade Apícola no Município de Cuité-PB

DANTAS, Joédson

Resumo

As abelhas apresentam papel fundamental no processo de polinização de diversas espécies vegetais. Existem aproximadamente 20 mil espécies de abelhas descritas, entre elas, as do gênero Apis são as que mais se destacam na polinização sendo importantíssimas para a agricultura. Este trabalhou objetivou descrever a importância da atividade apícola/meliponícola em seus aspectos ecoetnoentomológicos e socioeconômicos no município de Cuité-PB. A metodologia consistiu em três etapas: levantamento bibliográfico; levantamento do quantitativo de apicultores/meliponicultores ativos no município; e coleta de dados através de aplicação de questionários. Foram aplicados 10 questionários semi-estruturados com agricultores ligados a atividade apícola no município. A coleta dos dados ocorreu durante todo o mês de janeiro de 2018, abrangendo seis comunidades rurais. A maior parte dos apicultores relacionou a importância das abelhas com o setor econômico, correspondendo a 44% das citações. Entre os produtos da apicultura que eles utilizam estão: o mel, a própolis, a geleia e a cera, prevalecendo o uso alimentício e medicinal com 55% e 30% das citações, respectivamente. Quanto à flora melitófila observada pelos apicultores na propriedade, foram listadas 20 espécies diferentes, compreendendo 12 famílias botânicas. A atividade apícola é apenas uma atividade complementar, não sendo a principal fonte de renda das famílias. Os produtores são de pequeno porte e produzem em média entre 201 a 400 kg/ano de mel. O município apresenta potencial para desenvolver a apicultura, mas o longo período de estiagem ao qual a região sofreu nos últimos anos trouxe conseqüências e afetou a produção.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.