Uso de Espécies Nativas da Flora da Caatinga em uma Comunidade Rural no Semiárido Potiguar

SILVA, Alexandra
COSTA, Géssica

Resumo

Os estudos etnobotânicos são fundamentais para o conhecimento, preservação e valorização das plantas, bem como para a recuperação e conservação do ambiente, fornecendo informações que poderão auxiliar no planejamento e manutenção de áreas de proteção, na elaboração de estratégias de desenvolvimento e manejo sustentável e na descoberta de novos insumos. Nesse sentido foi realizado um estudo na comunidade rural Chã da Bulandeira, no município de Jaçanã, Rio Grande do Norte, Semiárido Brasileiro, buscando registrar o conhecimento e uso das espécies de plantas da Caatinga na comunidade utilizadas pela população local com alguma finalidade. Para tanto, utilizou-se a técnica de amostragem e seleção de informantes “bola de neve” (snaw- ball), onde os dados foram coletados em momentos de observação participante, conversas formais e entrevistas. Foram entrevistados 30 informantes (4 Homens - 26 Mulheres). As plantas foram organizadas nas categorias utilitárias: medicinal, alimentícia, madeireira, mística, combustível, tecnologia, veneno, ornamental, forrageira, uso doméstico e outros, que incluem produtos de beleza, limpeza e higiene. Para tanto considerou-se para a categorização as plantas nativas e as exóticas espontâneas ou subespontâneas. Foi registrado a ocorrência de 36 espécies pertencentes a 26 gêneros e 15 famílias botânicas. As famílias que agruparam maior número de espécies foram: Fabaceae com nove espécies (25%), Anacardiaceae com quatro espécies (11%) e Euphorbiaceae com três espécies (8,3%). As plantas com maior número de citações foram Opuntia ficus-indica (L.) Mill. (12,2%), Anacardium occidentale L. (10,6%) e Mimosa tenuiflora (Wildd.) Poir. (9,79%). As categorias mais importantes foram combustível, medicinal e madeireiro. A parte da planta mais utilizada foi o caule (34%), seguido da folha (20%) e do fruto (18%). Os resultados da pesquisa mostraram o destaque para o uso de espécies vegetais nativas e exóticas espontâneas para fim combustível. Tal resultado mostra a necessidade de refletir como as plantas estão sendo extraídas do ambiente e qual o impacto na flora da região e na comunidade.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.