A RELAÇÃO DE TRABALHO DO CORRETOR DE IMÓVEIS

Fernandes, Edna Firmino Rodrigues

Resumo

O mercado imobiliário vivencia uma expansão mercadológica, e com isso há uma demanda significativa pelos profissionais que atuam na área. Dessa forma, é de grande valia discutir o tipo de contrato que a imobiliária estabelece com seus corretores para que haja a intermediação dos imóveis. Sendo de muita valia o estudo, uma vez que o aprendizado acerca do assunto fará com que se tenha uma melhor visão sobre a profissão de corretores de imóveis, sabendo assim quais são os direitos e deveres dessa classe trabalhadora. Assim sendo, o trabalho tem por objetivo geral analisar o tipo de vínculo trabalhista que rege a profissão de corretores de imóveis na imobiliária Suprema Imóveis Construções e Incorporações Ltda. Para atender tal objetivo foi realizada uma entrevista com o diretor executivo e uma pesquisa de campo no mês de agosto de 2014 na qual os cinco corretores que prestam seus serviços para a mesma responderam um questionário composto por nove questões de múltipla escolha. Os resultados encontrados evidenciam que os corretores não possuem qualquer vínculo empregatício, e não existe caráter de exclusividade desses profissionais para com a imobiliária, dessa maneira estes profissionais exercem seu trabalho de forma autônoma.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.