DIAGNÓSTICO DAS BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO DE PROJETOS : UM ESTUDO DE CASO EM UMA ORGANIZAÇÃO DO VAREJO FARMACÊUTICO NA GRANDE JOÃO PESSOA

Costa Júnior, Claudio Francisco da

Resumo

O objetivo do presente trabalho é analisar a integração dos processos no setor administrativo/comercial em uma empresa do varejo farmacêutico. O presente trabalho apresenta um estudo de caso em uma organização do varejo farmacêutico na grande João Pessoa com o apoio teórico na gestão de projetos, com o aprofundamento nas boas práticas de gestão de projetos. Para verificar as boas práticas na gestão de projetos na organização estudada foi utilizada uma pesquisa de natureza aplicada, cuja forma de abordagem quantitativa. Quanto aos objetivos foi descritiva e exploratória. Quanto aos procedimentos técnicos foi utilizado uma pesquisa bibliográfica, documental, estudo de caso e pesquisa de campo. Quanto ao método foi utilizado o indutivo. A amostra foi a amostra não probabilística e quanto ao instrumento de coleta de dados foi utilizado aplicado um questionário fechado. Foram analisados a visão da organização em relação aos seis componentes de excelência das boas práticas de gestão de projetos, os quais são: processos integrados, cultura, apoio gerencial, treinamento e desenvolvimento, excelência comportamental e gerenciamento informal de projetos. Foram identificadas áreas deficientes que revelam que a organização apóia a gestão de projetos, todavia na prática os processos da organização não utilizam as boas práticas de gestão de projetos. Por fim o presente estudo contribuiu para identificar os componentes das boas práticas que obtiveram menor índice de avaliação, permitindo assim a visualização da organização estudada, uma oportunidade para investir nestes componentes e planejar o alcance da excelência na integração dos processos organizacionais.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.