Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSousa, Tamires-
dc.date.accessioned2018-11-08T12:59:37Z-
dc.date.available2018-11-08T12:59:37Z-
dc.date.issued2018-11-08-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ifpb.edu.br/jspui/handle/177683/410-
dc.description.abstractO discurso científico é aquele por meio do qual se constrói, divulga e operacionaliza a ciência, que possui importante valor econômico e cultural na sociedade atual. Por isso, é crescente o interesse pelo estudo de suas características enquanto gênero argumentativo, com foco em diferentes aspectos. O uso de um tipo de estratégia retórica caracterizada pelos marcadores discursivos (MDs) tem sido menos investigado. Nesse sentido, o objetivo geral deste trabalho foi determinar a ocorrência e características do uso dos MDs, em particular dos organizadores textuais, nos artigos científicos publicados na Revista Principia, em função do plano de texto, na estruturação do discurso acadêmico-científico. Os objetivos específicos foram: determinar as ocorrências dos marcadores discursivos na inter-relação com o plano de texto; determinar as diferenças no uso dos marcadores discursivos em função do estatuto do locutor, i.e., como jovem investigador e investigador sênior, e; determinar as diferenças no uso dos marcadores discursivos em função da área de conhecimento dos autores. Para isso, foram observados os planos de texto presentes e a ocorrência dos diversos tipos de marcadores discursivos em um corpus composto por 24 artigos submetidos ao referido periódico, por meio do uso de estatística descritiva básica (registro das ocorrências e de sua frequência). Em seguida, os resultados foram observados qualitativamente, relacionando as ocorrências às partes do plano de texto em que apareceram, com maior atenção aos organizadores textuais como estruturadores do discurso, e observando as diferenças entre os grupos: investigadores doutorados e não doutorados, investigadores das ciências e das humanidades. Os resultados mostraram que os marcadores discursivos contribuem na estruturação dos planos de texto e que o gênero discursivo condiciona a ocorrência e uso dos marcadores discursivos, com cada parte do plano apresentando maior ocorrência de marcadores com características semelhantes às da respectiva parte, como é o caso dos MD com valor argumentativo na seção de Resultados. Mostraram ainda que a estrutura privilegiada é cumulativa, sem ocorrência de MDs. A área de conhecimento dos autores interfere na ocorrência e uso dos marcadores discursivos: a proporção de uso de marcadores é maior entre os investigadores das humanidades do que entre os das ciências. A hipótese de que o estatuto dos locutores, como jovens investigadores ou como investigadores seniores, interfere na ocorrência e uso dos marcadores foi parcialmente confirmada.pt_BR
dc.description.sponsorshipIFPBpt_BR
dc.language.isoptpt_BR
dc.subjectMarcadores discursivospt_BR
dc.subjectOrganizadores textuaispt_BR
dc.subjectPlano de textopt_BR
dc.subjectArtigo científicopt_BR
dc.titleMarcadores do discurso e plano de texto. A estruturação discursiva em artigos científicos publicados na Revista Principiapt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
ifpb.abnt.categoryDissertaçãopt_BR
ifpb.abnt.grantorUniversidade do Minhopt_BR
Appears in Collections:Teses e Dissertações não defendidas na IFPB

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dissertação - Tamires Ramalho de Sousa (minho).pdf2.49 MBAdobe PDFView/Open