Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAlmeida, Virgínia Karolainy Oliveira Almeida-
dc.date.accessioned2021-06-10T17:50:30Z-
dc.date.available2021-06-10T17:50:30Z-
dc.date.issued2020-08-14-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ifpb.edu.br/jspui/handle/177683/1342-
dc.description.abstractO descarte inadequado de medicamentos em pias, vasos sanitários ou no lixo doméstico cresceu, à medida que, aumentou o consumo dos mesmos. Inerente a esta condição, existe a falta de informação sobre onde descartar corretamente este tipo de resíduo. A educação ambiental é um instrumento que viabiliza o acesso à informação e a consciência ambiental do indivíduo e da sociedade, permitindo a mudança de hábitos e desenvolvendo ações efetivas de preservação ambiental. A Política Nacional de Resíduos Sólidos sugere a logística reversa de resíduos, mas não inclui resíduos de medicamentos em sua lista, porém, estes são resíduos químicos que precisam de tratamento no pós-consumo antes de serem lançados no ambiente. Este trabalho tem por objetivo avaliar a percepção dos moradores de Nova Palmeira-PB quanto ao descarte inadequado de medicamentos em desuso e os impactos negativos que essas ações causam ao meio ambiente e à saúde pública, bem como identificar onde este tipo de resíduo é descartado e sugerir um ponto de coleta para o mesmo. A metodologia utilizada é de caráter quali-quantitativo, avaliando-se a percepção dos participantes através de instrumentos neutros, como formulários, visando a objetividade da análise e o tratamento quantitativo dos dados obtidos. Diante dos resultados obtidos, confirmou-se o elevado consumo de medicamentos pela população, consequentemente, o descarte de medicamentos é realizado de forma incorreta em lugares impróprios. Além disso, a população não conhecia meios de descarte correto destes resíduos, pois não existe nenhuma ação atuante de educação ambiental que atinja e conscientize a população do município a este respeito, logo, não existem políticas públicas que viabilizem tal ação. Conclui-se que realizar campanhas educativas e implantar um ponto de coleta que garanta a destinação ambientalmente adequada dos resíduos fármacos gerados no município é uma importante ação de educação ambiental que, consequentemente, irá contribuir para a preservação ambiental.pt_BR
dc.language.isoptpt_BR
dc.subjectMedicamentospt_BR
dc.subjectResíduospt_BR
dc.subjectEducação ambientalpt_BR
dc.titleAnálise do descarte de medicamentos no município de Nova Palmeira-PB: a Educação Ambiental como agente de mudançapt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
ifpb.abnt.categoryMONOGRAFIApt_BR
ifpb.abnt.grantorIFPBpt_BR
Appears in Collections:Gestão dos recursos ambientais do semiárido