Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMaciel, Flávia Kellany de Lima-
dc.date.accessioned2022-06-13T15:14:09Z-
dc.date.available2022-06-13T15:14:09Z-
dc.date.issued2016-01-01-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ifpb.edu.br/jspui/handle/177683/2103-
dc.description.abstractQuando comparada aos estudos que norteiam a espécie bovina é notória a escassez de informações na literatura sobre a glândula mamaria de ovinos. Isso não significa que são menos importantes, mas que são pouco estudadas. Nesse estudo objetivou-se avaliar os aspectos histopatológicos das glândulas mamárias de ovelhas não lactantes e com suspeita de mastite crônica variando de com ou sem secreção láctea. Foram utilizadas 12 matrizes de ovelhas não lactantes do rebanho do IFPB- Campus Sousa. Foram realizados exames das glândulas mamárias pelo método de inspeção e palpação. As ovelhas foram submetidas à mastectomia em seguida foram coletados fragmentos de tecido glandular. Os fragmentos foram fixados em formol a 10% e enviadas para UFCG/Campus Patos para o preparo de lâminas histológicas e posterior observação na microscopia óptica. Foram observadas as características histológicas referentes ao tecido glandular, adiposo, conjuntivo, células de defesa sendo classificados como acentuado, moderado e discreto. Esta organização direcionou a classificação, de cada metade mamária, como ativa, inativa e fibrose. Na análise das glândulas, nove apresentaram características inativas, nove com características ativas e seis com características de fibrose. Concluiu-se que avaliação histológica considerando a quantidade de tecido glandular, adiposo, conjuntivo, células de defesa e corpora amylacea, são capazes de determinar o padrão de atividade de cada glândula mamária de ovelhas deslanadas, como ativa, inativa e fibrose. Em relação à condição a suspeita clínica de mastite crônica com ou sem secreção láctea nas 12 ovelhas, das 24 glândulas houve nove com aspecto de glândula ativa e nove com aspecto de glândula inativa, caracterizando o padrão de 75% das glândulas mamárias das ovelhas, sugerindo que estas glândulas teriam ainda fases a serem desenvolvidas, semelhante à glândula mamária normal. Pesquisas com ovelhas em diferentes estágios da lactação precisam ser confrontados com os dados obtidos aqui neste projeto, para assim nortear uma pesquisa para que os processos patológicos que atingem as glândulas mamárias de ovelhas possam ser revertidos e remediados, assim como ocorre com as afecções mamárias que acometem os bovinos.pt_BR
dc.subjectOvelhaspt_BR
dc.subjectparênquima glandularpt_BR
dc.subjectfibrosept_BR
dc.titleAvaliação dos aspectos histopatológicos da glândula mamária em ovelhaspt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
ifpb.abnt.categoryTrabalho de conclusão de cursopt_BR
ifpb.abnt.grantorInstituto Federal da Paraíbapt_BR
Appears in Collections:Medicina Veterinária

Files in This Item:
File SizeFormat 
TCC - Flávia Kellany de Lima Maciel.pdf5,88 MBAdobe PDFView/Open