Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorGONÇALVES, JOSÉ JEAN-
dc.date.accessioned2022-06-28T14:59:58Z-
dc.date.available2022-06-28T14:59:58Z-
dc.date.issued2022-06-28-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ifpb.edu.br/jspui/handle/177683/2133-
dc.description.abstractA agricultura familiar do semiárido vem passando por transformações inovadoras nos seus diversos sistemas produtivos. Não é incomum a existência de agricultores que experimentam desafiar sua realidade, e o bioma em que estão inseridos, com a experimentação de técnicas e tecnologias diferentes das costumeiramente usadas na Caatinga. Daí, a importância da valorização desse agricultor, relatando as suas técnicas, muitas das vezes empíricas, mas eficientes como forma de inovação desenvolvida no seu agroecossistema. Este trabalho objetivou descrever as técnicas utilizadas no processo produtivo de um vinhedo em pleno semiárido implantado em agroecossistema no município de Jaçanã, RN, partindo da visão de um extensionista. O trabalho foi realizado no Sítio São Domingos, município de Jaçanã, RN, e seguiu uma metodologia de observação da extensão rural, de forma participativa e multidisciplinar, com descrição e análise, à luz de referências científicas. Na práxis metodológica foi utilizada a ferramenta de “estudo de caso”, no próprio sistema de produção, com anotações e descrições típicas dos trabalhos de extensionistas rurais. O sistema produtivo de videira, cultivares Isabel e BRS Núbia, seguiu o viés agroecológico. A família camponesa se destaca pela proatividade e resiliência com o seu trabalho inovador, que a conduz, e, também, pelos resultados de sustentabilidade ambiental e econômica que esta vem alcançando no seu agroecossistema, por meio de um tipo de cultura exótica capaz de mudar toda uma realidade. No cenário atual, o agricultor familiar adotou transformações essenciais para o desenvolvimento social e produtivo de sua família, demostrando uma expertise baseado em experiência exitosa fundamentada na difusão e inovação, apresentando um novo modelo de se fazer agricultura, tornando seu imóvel rural num espaço de aprendizagem multidisciplinar de vários conhecimentos. As tecnologias de baixa intensidade que foram implantadas, pelo agricultor em análise, com a cultura da videira, são adequadas ao processo produtivo em questão e são importantes fatores de sustentabilidade econômica para o produtor, podendo se constituir em um modelo para outros agricultores familiares do Trairi Potiguar, tanto servindo de estímulo para aprimoramento dos processos produtivos tradicionais, como em empreendimentos ousados, como o foi com a instalação de um parreiral pioneiro.pt_BR
dc.language.isoptpt_BR
dc.subjectAgricultura familiarpt_BR
dc.subjectAgroecologiapt_BR
dc.subjectInovação tecnológicapt_BR
dc.titleO PIONEIRISMO NA IMPLANTAÇÃO DE VIDEIRAS DE BASE AGROECOLÓGICA NO TRAIRI POTIGUARpt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
ifpb.abnt.categoryMonografiapt_BR
ifpb.abnt.grantorIFPBpt_BR
Appears in Collections:Gestão dos recursos ambientais do semiárido

Files in This Item:
File SizeFormat 
O PIONEIRISMO NA IMPLANTAÇÃO DE VIDEIRAS DE BASE - José Jean.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open