UTILIZAÇÃO DA CÂMARA DE RAIOS ULTRAVIOLETA CONSTRUÍDA COM MATERIAL DE BAIXO CUSTO: UM MÉTODO EXPERIMENTAL PARA O ESTUDO DO MODELO ATÔMICO DE BOHR NO ENSINO MÉDIO

Silva, Márcio Gomes da

Resumo

Muitos alunos apresentam falta de interesse nas aulas, tendo como causa vários motivos que entre eles destaca-se a forma tradicional do docente ensinar. Esse aspecto é ainda mais preocupante quando abordamos as disciplinas da natureza, principalmente a matéria de Química que apresenta conceitos e teorias abstratas. Dessa forma, esse trabalho foi realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba e consistiu na construção de uma câmara de raios ultravioleta com material de baixo custo, como instrumento facilitador de aprendizagem para os alunos do primeiro ano do ensino médio, visando uma abordagem do conteúdo Modelo atômico de Bohr, na qual foi explorada a experimentação do fenômeno da Fluorescência. Os resultados foram interpretados por meio de métodos qualitativos, bem como por uma análise quantitativa, validando a progressão da aprendizagem de forma sistemática. Frente aos resultados avaliados, pode-se afirmar que o instrumento empregado na pesquisa possibilitou a edificação de um conhecimento químico significativo, de forma que cada aluno participou dinamicamente durante o processo de ensino-aprendizagem,compreendendo a ciência inserida no seu cotidiano.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.