MAPEAMENTO DE ÁREAS DE INUNDAÇÃO NO BAIXO CURSO DO RIO AÇU, SEMIÁRIDO POTIGUAR

SILVA, LESSANDRO MICHELL DE ARAUJO

Resumo

Os episódios de inundações são marcados por grandes níveis de precipitações concentradas em um curto espaço de tempo, o que confere sobrecarga no processo de escoamento da água e promove o transbordamento dos canais fluviais. O baixo curso do rio Açu está entre as áreas do semiárido afetadas por esses eventos, sofrendo diversos problemas sociais, econômicos e urbanos. Diante disso, essa pesquisa teve por objetivo identificar a área máxima de inundação para o baixo curso do rio Açu, além do crescimento urbano das sedes municipais em direção a essa área. Os materiais e métodos adotados foram a utilização de técnicas de geoprocessamento de imagens multiespectrais dos satélites Landsat 5 e 7 para a identificação e delimitação das áreas de inundação na região. Usou-se também a ferramenta Google Earth na realização do mapeamento de pontos localizados sob essas áreas de risco e na identificação do crescimento urbano em direção a essas áreas. Como resultados alcançados com a pesquisa, obtivemos o mapa de máxima inundação para a região do baixo curso do rio Açu e a identificação das áreas urbanas afetadas em cada município, além da quantidade de pontos localizados sob essas áreas. A partir dos resultados da pesquisa identificouse que a maior parte dos municípios da região possuem áreas de vulnerabilidade a inundações, sendo os municípios de Ipanguassú, Alto do Rodrigues e Macau os que apresentaram maiores áreas afetadas, e maior quantidade de pontos localizados sob as mesmas, e Afonso Bezerra e Itajá os menos afetados em áreas e pontos afetados. Além disso, também se identificou que o processo de urbanização sob áreas de inundação ainda vem ocorrendo na região, tendo por principal sede municipal identificada nesse processo Ipanguassú, que apresentou 66% da sua área total situada sob área de risco a inundações. Com isso, a realização desse estudo possibilitou a obtenção de informações sobre a dimensão dos eventos de inundação para o baixo Açu, assim como também a identificação das áreas mais afetadas e que continuam a crescer em direção as áreas de risco. Os resultados se mostraram relevantes por apresentarem dados que, além de corroborarem com outras pesquisas, podem ser utilizados enquanto fonte de dados que podem fornecer informações sobre as áreas de vulnerabilidade a inundações, possibilitando dessa forma, o planejamento mais adequado a realidade da região e, consequentemente, a diminuição dos danos sociais, econômicos e urbanos na área.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.