UMA DESIGNER NA SERRA DO ABREU: A IDENTIDADE QUILOMBOLA NA PRODUÇÃO ARTESANAL

ALENCAR, ITÁLIA CLARICE ZAGO DE

Resumo

A identidade cultural é um conjunto de características que identifica um povo ou comunidade e que representa suas relações sociais e seus patrimônios simbólicos. Dentre as características culturais normalmente associadas aos quilombos, temos a fixação das famílias em aglomerados de moradias nos quais existem apenas um local de entrada, a confecção de artefatos cerâmicos e outras formas de artesanato, e o histórico de sofrimento com a submissão e escravização. O objetivo deste projeto é promover o debate sobre o resgate e a historia da comunidade quilombola Serra do Abreu incentivando a criação de uma identidade visual pelas mulheres da comunidade, ensinando conhecimentos básicos de projeto de produto e avaliando como interferem nos produtos por elas produzidos. Por meio da etnografia acompanhamos semanalmente as atividades realizadas pelas mulheres, promovendo oficinas sobre a fabricação de artefatos cerâmicos e de estamparia em tecidos, realizando reuniões nas quais criamos a identidade visual das mulheres da comunidade. Em novas oficinas foram desenvolvidos onze looks inspirados em painéis temáticos criados a partir de elementos do entorno e sete estampas para tecidos utilizando carimbos de folhas e flores da região. Foram estampadas também peças cerâmicas. Percebeu-se um movimento comunitário de maior envolvimento dessas mulheres com o esse trabalho, justificado pelas ações de ensino de suas práticas e saberes e a busca pela melhoria de suas técnicas através do intercambio de saberes com outras comunidades quilombolas e com entidades de ensino.

Citação

ALENCAR, ITÁLIA CLARICE ZAGO DE. UMA DESIGNER NA SERRA DO ABREU: A IDENTIDADE QUILOMBOLA NA PRODUÇÃO ARTESANAL. TCC—[s.l.] Instituto Federal da Paraíba, 2017.

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.