Lesões macroscópicas em carcaças e órgãos de bovinos abatidos no matadouro público municipal de Patos, Sertão da Paraíba.

Andrade, Rita de Cassia Sousa

Resumo

A bovinocultura de corte no Brasil é uma das mais importantes atividades econômicas, desenvolvida em todos os estados brasileiros. É notável a crescente exigência dos consumidores quanto à qualidade e segurança dos produtos. A Inspeção Sanitária desenvolvida em abatedouros e frigoríficos é instrumento que desempenha importante atividade preventiva para Saúde Pública, fazendo com que os produtos cheguem ao comércio sem oferecerem risco à saúde dos consumidores.O presente trabalho objetivou identificar as alterações macroscópicas de carcaças e vísceras de bovinos abatidos no Matadouro Público Municipal de Patos, sob Serviço Inspeção Municipal (SIM) e diagnosticar enfermidades do rebanho com potencial zoonótico. Foram inspecionados 1.631 bovinos, no período de julho a setembro de 2015, ocorrendo 157 condenações, entre órgãos e carcaças.O fígado foi o órgão que recebeu o maior número de condenações (50.31%), em seguida o pulmão (22.29%), rim (16.56%), coração (5.10%), órgãos do trato gastrointestinal (3.82%) e carcaça (1.91%). As principais causas de condenações foram a telangiectasia, abscessos, aspiração de sangue, aderência e cisto urinário. A tuberculose foi única patologia com potencial zoonótico identificada. A atuação do Médico Veterinário é de grande importância para a Saúde Pública, por evitar o consumo de produtos nocivos à saúde e reduzir os potenciais riscos de transmissão de zoonoses.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.