A LINHA DO TEMPO DA LÍNGUA ESPANHOLA NO BRASIL

LUZ, José Flaviano Nascimento da

Resumo

Problematizar a atual situação da língua espanhola, como componente curricular na Educação Básica brasileira, refletindo a posição da disciplina nos últimos documentos legais como: A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), sugerem uma analogia dos principais fatores influenciadores nas políticas para as Línguas Estrangeirais no Brasil e sua relação com os desafios curriculares da língua espanhola na Educação Básica. O presente trabalho traz uma revisão bibliográfica e documental, sobre as políticas linguísticas brasileiras para língua espanhola na Educação Básica, pesquisando sites e revistas especializadas no tema. O referido trabalho constatou uma série de obstáculos contextuais na proposta de ensino da língua espanhola no pais, sendo registrada instabilidade na política linguística nacional, com ênfase nos documentos legais dos últimos anos, com reflexo para oferta da Língua Espanhola na Educação Básica, sendo fundamental a problematização temática.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.