O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E O PAPEL DO COORDENADOR PEDAGÓGICO. UM ESTUDO DE CASO NO CENTRO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB

HAWLEY, Maria José Emídio

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo abordar a importância das diversificadas atribuições do Coordenador Pedagógico inerente à avaliação de aprendizagem no ensino da segunda língua L2, no Centro de Línguas Estrangeiras do município de João Pessoa-PB – CELEST. O coletivo foi selecionado por consenso em 2018, composto por 17 (dezessete) sujeitos: professores; 30 (trinta) disciplinas: alunos da 6ª à 9ª série e terá como ponto de partida considerar a atuação do profissional – Coordenador Pedagógico, como agente ativo no processo de construção do ensino-aprendizagem, destacando metodologias didáticas adotadas no processo de avaliação, como componentes impulsionadores para a aprendizagem do aluno e, principalmente, como processo de identificação das necessidades a partir do confronto entre a situação atual e a situação desejada, visando uma intervenção na realidade da sala de aula para favorecer a tomada de decisão. Este trabalho visa, sobretudo, analisar qualitativamente os métodos didático-pedagógicos desenvolvidos na Instituição. O CELEST atende os alunos do 6º ao 9ºano, do fundamental 2, assim como o público adulto, nas modalidades de Inglês, Espanhol, Italiano, Francês e Libras, todos com o mesmo processo de avaliação. Considerarse-á os instrumentos metodológicos implantados/implementados pelo coordenador pedagógico no processo de aprendizagem no CELEST, como estratégias metodológicas para o fortalecimento da cultura de avaliação, contrapondo-se a avaliação tradicional e classificatória.

Citação

Artigo Completo

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.